sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Carles Sans vencedor do Prémio de Tradução Giovanni Pontiero 2015




O Centro de Língua Portuguesa / Instituto Camões de Barcelona e a Facultat de Traducció i Interpretació (FTI) da Universitat Autònoma de Barcelona (UAB) organizaram, no dia 29 de outubro, a cerimónia de entrega do XV Prémio de Tradução Giovanni Pontiero. O galardão foi atribuído ao tradutor Carles Sans, pela tradução da La meva planta de taronja llima de José Mauro de Vasconcelos, publicada em 2014 pela editora Libros del Asteroide.

A cerimónia académica foi presidida pelo Exmo. Sr. Vice-reitor de Relações Internacionais da UAB, Dr. Lluís Quintana, e contou com as intervenções da Decana da Facultat Traducció i d’Interpretació, Dra. Laura Santamaria; o Exmo. Sr. Cônsul-Geral de Portugal em Barcelona, Dr. Paulo Teles da Gama e a Coordenadora do Ensino do Português Língua Estrangeira em Espanha e Andorra, Dra. Filipa Soares. Esteve ainda presente, entre outras autoridades, o Diretor do Centro Cultural do Brasil em Barcelona, Dr. Wagner Novaes.

Este ano, os organizadores do Prémio Giovanni Pontiero decidiram render homenagem ao poeta português Nuno Júdice, que ofereceu uma palestra titulada O tradutor como heterónimo.

A cerimónia também contou com a atuação musical de Mariona Roca que, acompanhada do guitarrista Ivan Hinojosa, interpretou quatro fados em catalão.

O Prémio de Tradução Giovanni Pontiero destina-se a traduções de obras literárias, de qualquer género, escritas originariamente em língua portuguesa e publicadas em espanhol e catalão (respectivamente nos anos pares e nos anos ímpares). O prémio foi instituído em 2001 para honrar a figura do grande tradutor Giovanni Pontiero e outorga-se anualmente no valor de 6.000€. Na presente edição foram apresentadas três traduções para catalão.


Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.