quinta-feira, 16 de maio de 2013

Josep Domènech Ponsatí vencedor do Prémio de Tradução Giovanni Pontiero 2013



O Centro de Língua Portuguesa / Instituto Camões de Barcelona e a Facultat de Traducció i Interpretació (FTI) da Universitat Autònoma de Barcelona (UAB) organizaram, no dia 16 de maio, a cerimónia de entrega do XIII Prémio de Tradução Giovanni Pontiero. O galardão foi atribuído ao tradutor Josep Domènech Ponsatí, pela tradução do livro Vidas Secas (Vides seques), do escritor brasileiro Graciliano Ramos, publicada por Adesiara Editorial que felicitamos por esta aposta.


Vidas Secas, publicado em 1938, trata-se de um romance sobre a vida no sertão brasileiro retratada através de uma família que empreende uma viagem de sobrevivência para fugir da pobreza.

 

A cerimónia académica foi presidida pelo Exmo. Sr. Vice-reitor de Relações Internacionais da UAB, Dr. Lluís Quintana, e contou com as intervenções da Decana da Facultat Traducció i d’Interpretació, Dra. Laura Santamaría, e da Diretora do Instituto Camões de Barcelona, Dra. Helena Tanqueiro. Estiveram ainda presentes, entre outras autoridades, a Diretora do Departament de Traducció, Dra. Marisa Presas, e o Diretor do Centro Cultural do Brasil em Barcelona, Dr. Wagner Novaes.



Este ano, os organizadores do Prémio Giovanni Pontiero decidiram render homenagem aos escritores e tradutores portugueses Fernando Pessoa e José Saramago, visto tratar-se do 125º e 90º aniversário dos seus respetivos nascimentos. O professor universitário Joaquim Sala-Sanahuja foi o encarregado de glosar, na sua conferência, a figura de ambos os autores, na sua qualidade de tradutor para catalão da obra poética de Fernando Pessoa e de grande conhecedor das relações literárias entre ambos os países. O encerramento esteve a cargo de Carles Andreu que musicou e recitou o poema Tabacaria de Fernando Pessoa.


O Prémio de Tradução Giovanni Pontiero destina-se a traduções de obras literárias, de qualquer género, escritas originariamente em língua portuguesa e publicadas em espanhol e catalão (respectivamente nos anos pares e nos anos ímpares). O prémio foi instituído em 2001 para honrar a figura do grande tradutor Giovanni Pontiero e outorga-se anualmente no valor de 6.000 €. 


Na presente edição foram apresentadas 6 traduções para catalão, recebidas de diversos pontos dos territórios de língua catalã.