quarta-feira, 20 de abril de 2016

Certamen Literari Escolar en Llengües d’Origen

Há doze anos que a associação Amics de la Unesco de Barcelona organiza um certame dedicado às línguas maternas dos alunos dos Centros Educativos da Catalunha: o Certamen Literari Escolar en Llengües d’Origen.

Para participar, os alunos têm apenas de apresentar os seus textos escritos na sua língua materna e, se esta não for o catalão, também uma tradução do seu texto em catalão.

Fotografia da cerimónia da décimo primeira edição (cedida)

O objetivo do certame é ajudar a fomentar a diversidade cultural e linguística entre os alunos, e também promover a integração de pessoas recém-chegadas, numa sociedade cada vez mais plural e multicultural.

Os organizadores consideram que é necessário deixar que as novas gerações de catalães se expressem, não só em catalão, mas também nas suas línguas maternas. Desta forma, as pessoas recém-chegadas poderão aprender e fazer sua a língua catalã, sem renunciar à sua língua materna e dando a conhecer a riqueza de outras línguas e culturas. Procura-se, assim, promover, através da Literatura, a conviência pacífica e o entendimento entre todas as comunidades que moram na Catalunha.

Na décima segunda edição participaram mais de 600 alunos de 56 Centros Educativos, que enviaram textos escritos em 23 línguas diferentes, que foram depois avaliados por um grupo de voluntários.

Fotografia da cerimónia da décimo primeira edição (cedida)

O Centro de Língua Portuguesa/Instituto Camões de Barcelona colaborou também na correção dos textos, que os organizadores receberam em língua portuguesa.

A cerimónia de entrega dos prémios do XII certame irá celebrar-se no próximo 1 de junho no Espai Endesa de Barcelona.

terça-feira, 19 de abril de 2016

Caravansari

Caravansari, revista de poesía contemporânea em línguas peninsulares, vai publicar o sexto número.

Os seus autores convidam todos os interessados a estarem presentes na apresentação deste número da revista, que terá lugar no próximo dia 28 de abril, às 19 horas, na Biblioteca Guinardó-Mercè Rodoreda de Barcelona.

A apresentação será conduzida por Mateo Rello, Direitor da publicação, e pelo poeta Miquel‑Lluís Muntané. Contará também com leituras dos poetas José Agudo e Xènia Dyakonova.


segunda-feira, 18 de abril de 2016

Cançõns: O novo concerto de Névoa

(Cançons + canções = CANÇÕNS)
A cantora de Barcelona Névoa apresenta em catalão, um repertório composto por grandes canções lusitanas de referência, que são parte fundamental da história musical lusitana - como as letras e canções de José Afonso, Sérgio Godinho, Fausto, António Variações, entre outros autores - sendo acompanhada pelo seu trio habitual (guitarra, contrabaixo e bateria) e uma tenora.
Névoa, artista comprometida com a realidade e a história portuguesa, quis fazer coincidir este concerto de apresentação dos seus novos temas com a semana de celebrações da Revolução dos Cravos.

Neste concerto será apresentado os seu novo repertório, no qual a fadista catalã investiga e aposta na fusão da tradição lusitana e catalã.


quarta-feira, 13 de abril de 2016

CCCB – "La meva Àfrica" - Palestra de Mia Couto


CCCB – "La meva Àfrica" - Palestra de Mia Couto
18 de abril de 2016, às 18:30

O que queremos dizer quando falamos de África? Na Europa predomina a imagem trágica de um continente exótico, caótico e devastado. No entanto, outras visões mais otimistas enfatizam a emergência de uma nova classe média, cujo dinamismo confirma o êxito da globalização económica. Partindo da visão de autores, artistas e intelectuais ligados a África e à sua diáspora, e sem esconder a complexidade e as desigualdades que condicionam a sua realidade, a intenção do ciclo é romper com os estereótipos para oferecer uma variedade de visões sobre a riqueza do continente, e o seu lugar na produção do mundo que habitamos.


Mia Couto é um escritor moçambicano, vencedor do Prémio Internacional Neustadt de Literatura 2014 e nomeado para o Prémio Internacional Man Booker. Publicou recentemente "A confessão da leoa" ("La confessió de la lleona", traduzido por Pere Comellas em Periscopi; "La confesión de la leona", traduzido por Rosa Martínez em Alfaguara).

Texto CCCB, traduzido do catalão.

terça-feira, 12 de abril de 2016

Documentário “Olhares na Distância” de J. G. Martín Buenadicha


O documentário "Olhares na Distância: Quatro pintores portugueses contemporâneos” do documentarista espanhol J. G. Martín Buenadicha é um projeto cultural e educativo que nasceu para ser doado ao Camões, I.P., sem qualquer fim comercial, de modo a fazer parte dos recursos docentes para o ensino da língua portuguesa.

Construído sobre o trabalho de quatro pintores - Gil Heitor Cortesão, José Loureiro, Manuel Caeiro e José Lourenço - cada um dos blocos ou módulos contém uma representação do pintor a cargo de diferentes especialistas, uma pequena entrevista e várias sequências de fotos dos seus quadros.

Cada um dos intervenientes apresenta uma visão particular, em alguns casos crítica, do setor que representa, enriquecendo assim a objetividade do documentário.

A banda sonora que serve de fundo a todo o documentário é dos compositores Mário Laginha e José Peixoto, internacionalmente reconhecidos pelas suas realizações no âmbito do jazz e em grupos musicais como Madredeus.

segunda-feira, 11 de abril de 2016

Cuaderno ático

Cuaderno Ático é uma revista coordenada por Sandra Santos e Juan Manuel Macías. Até agora, a revista tem-se centrado na divulgação de poetas espanhóis, principalmente contemporâneos, no entanto, a nova edição da revista passará  também a incluir artistas da comunidade ibérica, lusófona e latino-americana.


A ser lançada na primavera, a revista terá dois formatos: em digital e em papel.


Números anteriores: https://issuu.com/cuadernoatico

Página de Facebook atual: https://www.facebook.com/cuadernoatico/

quinta-feira, 7 de abril de 2016

Lisboa com a ciutat literària

Durante os próximos meses, a livraria La Memòria organiza um curso/clube de leitura em catalão, Lisboa com a ciutat literària, com Lisboa como protagonista e explicada de diferentes perspectivas. As sessões serão dirigidas por Sebastià Bennasar a partir dos seguintes livros:

1-Aproximacions a Lisboa (sessió introductòria)
12/4/2016
19:00 h - 20:30 h

2-Fernando Pessoa. Llibre del desassossec. Quaderns Crema / El Acantilado
10/5/2016
19:00 h - 20:30 h

3-José Saramago. L'any de la mort de Ricardo Reis. La butxaca / Penguin
14/6/2016
19:00 h - 20:30 h

4-Ronald Weber. La ruta de Lisboa. Tusquets
11/10/2016
19:00 h - 20:30 h

5-Antonio Lobo Antunes. Manual d'inquisidors. Seix Barral
8/11/2016
19:00 h - 20:30 h

6-Pascal Mercier. Tren nocturno a Lisboa. Austral
13/12/2016
19:00 h - 20:30 h


As inscrições devem ser feitas junto da livraria La Memòria pessoalmente, por correio eletrónico ou por telefone.


Llibreria la Memòria
Plaça de la Vila de Gràcia, núm. 19
Barcelona

936243632

memoriallibres@gmail.com