quarta-feira, 25 de maio de 2016

35 artistas portugueses cantam “Lisboa, Menina e Moça” em homenagem a Carlos do Carmo


35 artistas portugueses cantam “Lisboa, Menina e Moça”,  uma das mais emblemáticas canções cantadas por Carlos do Carmo, a partir de um poema de José Carlos Ary dos Santos, Joaquim Pessoa e Fernando Tordo, e com música de Paulo de Cravalho.



 O videoclipe foi realizado e gravado em vários locais de Lisboa, e a gravação do tema contou com artistas como como Paulo de Carvalho, Cuca Roseta, Olavo Bilac, João Pedro Pais, Rita Guerra, Mafalda Veiga, Camané, Marisa Liz, Carminho, Paulo Gonzo e Aurea.



Visualise o vídeo aqui:

http://www.dnoticias.pt/multimedia/video/482130-35-musicos-de-renome-em-portugal-cantam-lisboa-menina-e-moca-como-tributo-ao


segunda-feira, 23 de maio de 2016

Caravansari

Caravansari, revista de poesia contemporânea em línguas peninsulares, vai apresentar o seu sexto número, em Badalona.

A apresentação terá lugar no próximo dia 25 de maio, às 19.30 horas, no Espai Betúlia (C/ Enric Borràs, 43-47).

A apresentação será conduzida por Jordi Cerdà, redator da revista e professor da UAB, e por Albert Ibañez, crítico literário e direitor da companhia Teatre a peu pla, que vai falar sobre o poeta de Badalona, Joan Argenté. Contará também com leituras dos poetas Sebastián Candado e Xènia Dyakonova.


quarta-feira, 18 de maio de 2016

Novo livro de José Ignacio Carnero Sobrado sobre Lisboa


Sinopsi

Un viajero decide tomar el tren Hendaya-Lisboa, el histórico Surexpreso, y pasar unos días en la capital lusa. En ese lapso de tiempo recorrerá la ciudad a través de trece relatos, que servirán de guía al lector para caminar como el protagonista: sin rumbo fijo, dejándose imbuir por la atmósfera irreal que Lisboa desprende. Si Lisboa fuese una mujer sería una anciana. Una de esas mujeres mayores que han afrontado el paso del tiempo con dignidad. Llena de arrugas, de vicios y achaques, Lisboa resiste estos tiempos líquidos navegando sobre el Tajo, como lleva siglos haciendo. Es, pensándolo bien, una anciana acodada en uno de los miradouros de la ciudad. Una mujer que contempla un tiempo que ya no es el suyo con esa media sonrisa de quien se sabe fuera de lugar y no le importa. Este libro es también un retrato aproximado de esa mujer. Las almas melancólicas lo comprenderán. Se trata de caminar por la ciudad dirigiéndose hacia lo más oscuro de uno mismo. Sumergirse en el fondo, soltar lastre en el abismo, para solo así poder reflotar de nuevo alcanzando la luz. La luz de Lisboa.

quinta-feira, 12 de maio de 2016

10 motius per aprendre portuguès

Sabies que...

...el portuguès és la llengua oficial d’Angola, Brasil, Cap Verd, Guinea Bissau, Moçambic, Portugal, São Tomé i Príncipe i Timor Oriental?

...gairebé 250 milions de persones parlen portuguès?

...si llegeixes en portuguès podràs descobrir magnífiques obres d’autors com José Saramago, Paulo Coelho, Mia Couto, Sophia de Mello Breyner, Jorge Amado o José Eduardo Agualusa?

...és llengua de treball a diferents organitzacions internacionals com la Unió Europea, la Unió Africana, el Mercosur, l’Organització d'Estats Iberoamericans i la Unió Llatina?

...els portuguesos van arribar als quatre cantons del món molt abans que qualsevol altre país europeu?

...la gastronomia del països lusòfons és d’una gran varietat i riquesa?

...a països com Andorra, els Estats Units, Veneçuela, Canadà, Luxemburg, Suïssa, França, Austràlia o Sud-àfrica hi ha grans comunitats de parlants de portuguès?

...si parles portuguès podràs entendre cançons de gran músics com Vinícius de Moraes, Caetano Veloso, Dulce Pontes, Cesária Évora, Mísia, Daniela Mercury, Adriana Calcanhotto o Madredeus?

...Catalunya i Portugal mantenen, des de fa segles, estrets llaços econòmics, culturals i socials?

...el Centro de Língua Portuguesa de Barcelona / Instituto Camões té la seva seu al campus de Bellaterra de la UAB?


Sabies que pots estudiar portuguès a la UAB?
  • És una de les llengües C del Grau en Traducció i Interpretació.
  • És una assignatura optativa de la Facultat de Filosofia i Lletres.

A més a més, el Centro de Língua Portuguesa / Instituto Camões de Barcelona organitza cursos a Barcelona.
  • Pròxim curs:


CURS
CALENDARI
HORARI
PREU
Inicial
(A1.1)

4 de juliol – 29 de juliol
60 hores

De dilluns a divendres
de 10 a 13

350€

quarta-feira, 11 de maio de 2016

FEST: Festival Novos Realizadores | Novo Cinema


O Centro de Língua Portuguesa da Universidade Autónoma de Barcelona tem para oferecer duas entradas no FEST - Training Ground, que decorrerá em Espinho (Portugal), entre 20 e 27 de junho.

O FEST – Training Ground, que está inserido no FEST – Festival Novos Realizadores / Novo Cinema, é um evento que atrai realizadores de todo o mundo para vários dias dedicados a conferências, masterclasses, workshops e debates, que serão orientados por figuras de grande relevo do cinema mundial.

As duas entradas que temos para oferecer (no valor de 69,99 € cada) dão acesso a todas as atividades do festival: sessões de cinema, debates, masterclasses...

Para este ano, o evento conta já com os seguintes convidados (sendo que grande parte dos nomes serão anunciados no próximo mês):
  • Gareth Wiley – Produtor, “Match Point”, "Vicky Cristina Barcelona" (vencedor de Golden Globe)
  •  Joe Walker – Editor, "Sicario", "Shame" (vencedor de Óscar)
  • Scandar Copti – Realizador, "Ajami"  (nomeado a Óscar)
  • Paul Miller - Produtor, "Prozac Nation", “A Love Song for Bobby Long”
  • Gary Maddison – Colorista, "Miss Peregrine's Home for Peculiar Children", "Captain America: Civil War", "The Dark Knight Rises"
Habilite-se a ganhar os bilhetes através do nosso FacebookFaça “gosto” na nossa página, partilhe a publicação sobre o concurso e envie-nos até dia 24 de maio (através de mensagem privada pelo Facebook) uma frase que caracterize o cinema português. Pode fazê-lo em português, catalão, castelhano ou inglês. A frase mais original será divulgada, por nós, no final de maio e o seu autor poderá fazer as malas rumo ao FEST – Training Ground (Espinho, Portugal), que decorrerá entre 20 e 27 de junho.

No ano anterior a vencedora foi Marta Vilardaga, que nos explicou a sua experiência nesta entrevista: http://institutocamoesbarcelona.blogspot.com.es/2015/09/normal-0-21-false-false-false-es-x-none.html

Mais informações sobre o festival em http://www.fest.pt/

segunda-feira, 9 de maio de 2016

José Luís Peixoto e Fernando Pinto do Amaral na nova edição do evento “Barcelona Poesia”


A nova edição do evento “Barcelona Poesia” contará com a presença dos escritores portugueses José Luís Peixoto e Fernando Pinto do Amaral, que estarão na Biblioteca Guinardó - Mercè Rodoreda, no dia 10 de maio às 19:00 h, para uma sessão em que irão falar com o professor Jordi Cerdà sobre a sua relação com a poesia e o ofício de poeta.

Esta atividade faz parte do ciclo “Entre Versos”, um lugar de encontro dos leitores de poesia com autores, críticos, especialistas e artistas que fazem da poesia uma experiência única.


Para mais informação:



* Esta iniciativa conta com o apoio do:

Consulado Geral de Portugal em Barcelona
e do
Camões - Instituto da Cooperação e da Língua
 

quinta-feira, 5 de maio de 2016

5 de maio: Dia da Língua Portuguesa e da Cultura na CPLP

Celebração do Dia da Língua Portuguesa e da Cultura na CPLP em Barcelona: mostra de livros de escritores de expressão portuguesa e exposição na Biblioteca de Humanidades da Universidade Autónoma de Barcelona



Para celebrar o Dia da Língua e da Cultura Portuguesa na CPLP, junto da comunidade educativa, o Centro de Língua Portuguesa do Instituto Camões em Barcelona em colaboração com a Biblioteca de Humanidades da Universidade Autónoma de Barcelona apresentam, durante as duas primeiras semanas de maio, uma mostra de obras de vários autores de expressão portuguesa, designadamente, José Saramago, Mia Couto, Fernando Pessoa, Honwana, José Craveirinha, Pepetela, Luandino Vieira, Mário de Andrade, Clarice Lispector, Amílcar Cabral, Germano Almeida, António Lobo Antunes, Alda Espírito Santo, Vinícius de Moraes, entre muitos outros.

A mostra de livros será acompanhada pela exibição da exposição “Língua Portuguesa: Um Oceano de Culturas”, que pretende prestar homenagem a todos os autores que, em português, têm contribuído com a sua obra para ampliar o nosso olhar, criando um lugar comum no projecto de interculturalidade lusófona.

Esta iniciativa constituirá também uma oportunidade para divulgar os cursos de Língua e de Literatura Portuguesa, que são atualmente oferecidos na Universidade Autónoma, assim como pelo Centro de Língua Portuguesa do Instituto Camões em Barcelona.